Meu perfil
BRASIL, Sul, MARINGA, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese



Arquivos
 01/08/2010 a 15/08/2010
 16/07/2010 a 31/07/2010
 01/07/2010 a 15/07/2010
 16/06/2010 a 30/06/2010
 16/12/2009 a 31/12/2009
 01/12/2009 a 15/12/2009
 16/11/2009 a 30/11/2009
 01/11/2009 a 15/11/2009
 16/10/2009 a 31/10/2009
 01/10/2009 a 15/10/2009
 16/09/2009 a 30/09/2009
 01/09/2009 a 15/09/2009
 16/08/2009 a 31/08/2009
 01/08/2009 a 15/08/2009
 16/07/2009 a 31/07/2009
 01/07/2009 a 15/07/2009
 16/06/2009 a 30/06/2009
 01/06/2009 a 15/06/2009
 16/05/2009 a 31/05/2009
 01/05/2009 a 15/05/2009
 16/04/2009 a 30/04/2009
 01/04/2009 a 15/04/2009
 16/03/2009 a 31/03/2009
 01/03/2009 a 15/03/2009
 16/02/2009 a 28/02/2009
 01/02/2009 a 15/02/2009
 16/01/2009 a 31/01/2009
 01/01/2009 a 15/01/2009
 16/12/2008 a 31/12/2008
 01/12/2008 a 15/12/2008
 16/11/2008 a 30/11/2008
 01/11/2008 a 15/11/2008
 16/10/2008 a 31/10/2008
 01/10/2008 a 15/10/2008
 16/09/2008 a 30/09/2008
 01/09/2008 a 15/09/2008
 16/08/2008 a 31/08/2008
 01/08/2008 a 15/08/2008
 16/07/2008 a 31/07/2008
 01/07/2008 a 15/07/2008
 16/06/2008 a 30/06/2008
 01/06/2008 a 15/06/2008
 16/05/2008 a 31/05/2008
 01/05/2008 a 15/05/2008
 16/04/2008 a 30/04/2008
 01/04/2008 a 15/04/2008
 16/03/2008 a 31/03/2008
 01/03/2008 a 15/03/2008
 16/02/2008 a 29/02/2008
 01/02/2008 a 15/02/2008
 16/01/2008 a 31/01/2008
 01/01/2008 a 15/01/2008
 16/12/2007 a 31/12/2007
 01/12/2007 a 15/12/2007
 16/11/2007 a 30/11/2007
 01/11/2007 a 15/11/2007
 16/10/2007 a 31/10/2007
 01/10/2007 a 15/10/2007
 16/09/2007 a 30/09/2007
 01/09/2007 a 15/09/2007
 16/08/2007 a 31/08/2007
 01/08/2007 a 15/08/2007
 16/07/2007 a 31/07/2007
 01/07/2007 a 15/07/2007
 16/06/2007 a 30/06/2007
 01/06/2007 a 15/06/2007
 16/05/2007 a 31/05/2007
 01/05/2007 a 15/05/2007
 16/04/2007 a 30/04/2007
 01/04/2007 a 15/04/2007
 16/03/2007 a 31/03/2007
 01/03/2007 a 15/03/2007
 16/02/2007 a 28/02/2007
 01/02/2007 a 15/02/2007
 16/01/2007 a 31/01/2007
 01/01/2007 a 15/01/2007
 16/12/2006 a 31/12/2006
 01/12/2006 a 15/12/2006
 16/11/2006 a 30/11/2006
 01/11/2006 a 15/11/2006
 16/10/2006 a 31/10/2006

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 Zaniratti (política no cotidiano)
 Angelo Rigon
 Portal Estacao 13
 Ministério do Meio Ambiente
 Ibama
 João da Caixa
 historias ambientais
 Joka Madruga
 blog fonte do maracajá
 Blog do Valdeci
 Blog do Rubem Mariano
 Blog do Pegoraro
 Blog do Carlos Giovanni
 Blog da Lucimar
 Projeto EA/UEM




Blog do Marino
 


CARTA AMBIENTAL DA UEM

foto: ato de lançamento da Semana Ambiental da UEM e da Campanha Responsabilidade Socioambiental e Trilha Ecocultural

 

Caríssimos.

Foi realizada a Semana Ambiental da UEM, entre os dias 07 e 10 de junho deste ano. Foram várias atividades que podem ser conferidas no seguinte endereço:

www.ctauem.blogspot.com

O que quero chamar atenção aqui é para a CARTA AMBIENTAL DA UEM, aprovada pelos participantes, a qual demonstra o compromisso assumido em busca da sustentabilidade daquela importante institução.

Eis o seu teor:

 

CARTA AMBIENTAL DA UEM

 

 

I Semana do Ambiente da UEM.

 

A reflexão sobre os problemas de uma comunidade apontam para o inicio da busca por soluções e, consequentemente, delineiam caminhos para chegar a elas. Na UEM, esse momento chegou agora em que a universidade completa 40 anos, amadurecida pelos enfrentamentos e pelo conhecimento.

A riqueza de conhecimentos, ideias e ações, culminou no encontro de vários projetos desenvolvidos na Universidade, que compõem o Programa Integrado de Ação Social da UEM (PROAÇÃO - UEM), vinculado à Pró-Reitoria de Recursos Humanos e Assuntos Comunitários (PRH), que tem por finalidade precípua a valorização humana da comunidade universitária (Discentes, Técnicos Universitários e Docentes).

Dentro do referido programa está o PROAÇÃO-AMBIENTAL, que é composto atualmente pelos participantes do Projeto de Extensão Cidadania e Responsabilidade Social, do Projeto Os Direitos de Cidadania e o Meio Ambiente, da Comissão de Proteção e Educação Ambiental, de membros do Pró-Resíduos, de Docentes, Funcionários Técnicos Universitários, membros do DCE, membros de Centros Acadêmicos e acadêmicos dos diversos cursos da Instituição.

O lançamento das atividades do PROAÇÃO – AMBIENTAL aconteceu em 07/06/2010, tendo como tema central Responsabilidade Socioambiental na UEM, com a realização da I Semana do Ambiente entre 07 e 10 de junho de 2010. Nesta foi lançada a Campanha Responsabilidade Socioambiental na UEM e iniciado um ciclo de debates, que continuará acontecendo uma vez por mês durante o ano de 2010.

Os participantes da I Semana do Ambiente da UEM se reuniram para discutir aberta e democraticamente, propostas que levem a Universidade Estadual de Maringá a se transformar em um local em que a comunidade universitária possa viver com dignidade e em harmonia com o ambiente.

Os problemas ambientais devem ser considerados de forma interligada às questões de ordem social, econômica, política e cultural. Os mesmos devem ser enfrentados a partir da compreensão da noção de pertencimento e desenvolvimento de ações transversais entre todos os membros da comunidade universitária.

Imbuídos desse compromisso solidário com a UEM e de exercício da cidadania ambiental, os participantes da I Semana do Ambiente da UEM, debateram e aprovaram democraticamente a presente Carta Ambiental da UEM, desejando que ela seja o marco inicial de um amplo processo de transformação em busca da sustentabilidade da Universidade Estadual de Maringá que é um patrimônio que merece ser cuidado. Eis os pontos que a norteiam:

1)           Fazer gestões junto à administração central da UEM, no sentido do estabelecimento de uma política ambiental para a Instituição;

2)           Estabelecer estratégias para a construção da Agenda 21 da Universidade Estadual de Maringá;

3)           Realizar campanhas frequentes nas salas de aulas, com objetivo de conscientizar, sobretudo, docentes e discentes quanto à manutenção da qualidade ambiental das salas de aulas e laboratórios de ensino e pesquisa da UEM;

4)           Avaliar periodicamente os resultados das campanhas de conscientização, como forma de corrigir rotas e propor novos mecanismos de ação;

5)           Fazer gestões junto à administração central da Universidade, para a implementação de um plano de gerenciamento de resíduos mais efetivo e eficaz, que leve em consideração campanhas contínuas de educação ambiental;

6)           Fazer gestões junto à administração central da Universidade, para que seja providenciado plano de capacitação específica para os funcionários do setor de vigilância, no sentido de assegurar efetivamente a segurança do patrimônio público e das pessoas que circulam, trabalham e convivem no campus;

7)           Fazer gestões junto à administração central da UEM, no sentido da construção imediata da concha acústica, cujo local já está previamente definido, para o desenvolvimento das mais diversas expressões artístico-culturais;

8)           Fazer discussão junto aos colegiados de cursos da UEM, com o objetivo de avaliar os projetos pedagógicos dos cursos de graduação, de forma a que se implante, pelo menos uma, disciplina da área ambiental nos cursos que ainda não apresentam este componente curricular;

9)           Estabelecer estratégias para a implantação e consolidação da Trilha Ecocultural da UEM.

 

Os participantes da I Semana do Ambiente da UEM, por meio da presente Carta Ambiental, conclamam a todos que se juntem ao PROAÇÃO AMBIENTAL e que participem das ações aqui propostas.

 



Escrito por Marino às 19h09
[] [envie esta mensagem
]





ENTREVISTA
Caríssimos, sobre o meio ambiente, ouçam a minha entrevista na CBN. São 4 blocos.
Acesse o sítio abaixo:




Escrito por Marino às 10h03
[] [envie esta mensagem
]





ESTRADA DO COLONO: A REAÇÃO

Estrada do Colono/Parna Iguaçu/Google

 

Caríssimos...

A hora é de mobilização. O Dep. Federal Saney Filho/PV, se comprometeu a acionar a Frente Parlamentar Ambientalista no Congresso Nacional. O Jorge Pegoraro e o Carlos Alberto Ferraresi de Giovanni, do Instituto Chico Mendes, se comprometeram a mobilizar a instituição tanto no Paraná quanto em Brasília (sede). E eu, me comprometi a tensionar internamente no PT através das Secretarias Estadual e Nacional do Meio Ambiente a atitude do Dep. Fed. Assis do Couto/PT.

Todos estão convidados a participar dessa nova (talvez velha) empreitada para a garantia da integridade de uma das mais importantes Unidades de Conservação do Planeta.

Marino Elígio Gonçalves

 



Escrito por Marino às 08h31
[] [envie esta mensagem
]





DE NOVO ISSO?

 Deputado Federal Assis do Couto/PT-PR

 

Projeto cria estrada ´ecológica` no Parque Nacional do Iguaçu

 

Assessoria de Imprensa do deputado federal Assis Couto, 18/06/2010

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 7123/10, do deputado federal Assis do Couto (PT-PR), que cria a Estrada-Parque Caminho do Colono no Parque Nacional do Iguaçu, no Paraná.

Conforme a proposta, a estrada será implantada no leito histórico do Caminho do Colono, situado entre o km zero e o 17,5 da PR-495, antiga BR-163. Esse trecho está fechado por decisão judicial desde 2003.

A polêmica em torno da estrada é antiga. De acordo com informações do governo do Paraná, o caminho existe desde 1924. O trecho liga os municípios de Serranópolis e Capanema. Sem a estrada, os moradores dessas localidades teriam de percorrer um caminho de 200 quilômetros para ir de uma cidade a outra, contornando o parque.

Ambientalistas, no entanto, alegam que o caminho divide o parque e impede a livre circulação dos animais de um lado para o outro. Este fator, segundo argumentam, poderia levar à extinção de certas espécies que necessitam de área ampla para sobreviver.
Conforme a proposta, a reabertura da estrada deverá ser precedida dos estudos de impacto ambiental. A pavimentação do caminho deverá ser feita com blocos de basalto. Prevê-se também passagem para a circulação dos animais. Exige-se ainda, como pré-requisito, a instalação de guaritas para controle do acesso de veículos, que seriam limitados a carros de passeio, camionetes e coletivos para transporte de turistas. Permite-se, no entanto, a circulação de veículos do Exército.

Segundo o autor, isso é fundamental para garantir o controle de fronteiras e a segurança nacional. O Parque do Iguaçu localiza-se na divisa com a Argentina e próximo aos limites com o Paraguai e o Uruguai.

Objetivos

Segundo o projeto, a estrada-parque tem por objetivo promover a educação ambiental, fomentar o desenvolvimento rural sustentável das regiões oeste e sudoeste do Paraná por meio do turismo ecológico e rural, garantir a integração e a interação responsável e sustentável da população das regiões oeste e sudoeste do Paraná com o Parque Nacional do Iguaçu e assegurar a efetivação da segurança nacional necessária em área de fronteira.

Tramitação


O projeto terá análise conclusiva das comissões de Viação e Transportes; de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.



Escrito por Marino às 17h21
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]